quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Férias chegando, verão chegando, hora de falar da coisa mais legal: viajar! Quem não gosta de viajar? Tirar uns dias para fugir da rotina, do trabalho, pensar em nada, só curtir um descanso?

Junto com o verão chegam os navios e é aberta a temporada de cruzeiros! Para quem não sabe, cruzeiro basicamente é: um navio cheio de quartos, lazer e restaurantes que te leva para conhecer diferentes pontos do litoral do País (ou do mundo, se você escolher um outro tipo de cruzeiro...)

Eu já fiz dois. Me apaixonei de cara no primeiro e decidi que sempre teria que dividir minhas férias em duas partes para poder fazer esse tipo de viagem todos os anos. Afinal, nada como você abrir sua janela e ver mar, sol, mar, pássaros voando, mar. Tipo, basicamente só tem água e natureza. É uma sensação indescritível, ainda mais para quem mora em São Paulo e vê carros, carros, carros...

Existem as empresas mais famosas: Costa Cruzeiros (dona da Íbero Cruzeiros), Pullmantur, MSC e Royal. O primeiro cruzeiro que fiz foi pela Íbero, o segundo pela MSC. Vou falar um pouco de cada um ;)

Grand Mistral - Íbero Cruzeiros


Fui com o meu marido (então, noivo) em 2011. Fechamos o pacote no meio do ano, quando começam a vender pacotes de cruzeiro. Fica a dica: se você quiser fechar por um preço bom, peça para sua agência de viagens preferida te avisar quando abrirem as reservas. Os quartos bons costumam esgotar rápido e sempre rola um descontinho para as primeiras pessoas que fecham. Ou fique olho para as promoções "segundo passageiro grátis", que sempre é bom. (CALMA! Você não vai fechar o cruzeiro e vai chegar lá na sua cabine e ter uma pessoinha grátis te esperando, o seu acompanhante que não irá pagar nada...).

Fechamos a cabine mais cara e que tinha um tratamento mais VIP. Como a diferença ($$) não era tanta para uma cabine menor (até pelas promoções de fechar logo), preferimos ela. Com isso tivemos uma pequena vantagem na hora de embarcar, porque olha, o Porto de Santos é lotaaaaaaaaaaaaado. A semana no cruzeiro é ótima, mas tenha MUITA PACIÊNCIA para aguentar horas de fila e burocracia no porto...

O lance funciona mais ou menos assim: você passa seus dados no Porto, inclusive o telefone de alguém para avisar caso aconteça uma emergência, deixa sua mala, passa por um detector de metais e entra no navio. Sem mala. Sua bagagem, devidamente etiquetada, é levada para dentro do navio antes de você e estará te esperando bonitinha do lado de fora do seu quarto. Relaxa, as pessoas são educadas e ninguém mexe. Mas leve um biquini e uma troca de roupa dentro da bolsa de mão, porque às vezes demora e você pode ter vontade de usar a piscina...

Você já é recepcionado com muita comida e festa no navio. Pensa no navio como um hotel all inclusive marinho: ou seja, há a equipe de animação, que já está fazendo uma festança só por você adentrar no navio. Daí você vai para o quarto, pega seu colete salva vidas e se joga no mar neeear faaar whereeever you aaare e vai fazer seu treinamento de emergência, obrigatório em todos os navios. Ensinam basicamente para onde você deve correr se acontecer alguma coisa, o que deve fazer, como deve se posicionar, como funciona o colete, e enquanto isso você torce para nada disso acontecer e você ter uma semana tranquila. Mas as conversas sobre Titanic e Costa Concordia são bem comuns entre os passageiros nos corredores do navio... parece que todo mundo curte um drama! rs

Todo dia você recebe um diário de bordo na cabine sobre as atividades, horários etc. Tem atividade o tempo todo e festa todo dia. Além disso, basicamente todo dia o navio aporta em alguma cidade (nessa viagem foi Ilha Bela, Angra dos Reis, Porto Belo e Búzios) e você pode descer para conhecê-la, fazer passeios e voltar no final do dia para o navio. Muita gente gosta de descer. Eu e meu marido (e toda minha família, também adepta aos cruzeiros) não gostamos não. Gostamos de aproveitar o navio vazio que fica no dia! hahahaahaha Sempre tem também o dia de navegação, no qual o navio passa o dia todo no mar, em velocidade menor... E ah, você não precisa participar das atividades ou festas, pode simplesmente passar o dia todo comendo e bebendo de perninhas pro ar no sol!

O navio é cheio de restaurantes, mas no Grand Mistral apenas um funciona durante a madrugada, que é o de pizzas. Basicamente tem uns moços fazendo pizza o tempo inteiro, e pós festa você acha aquilo a coisa mais deliciosa do mundo!


Todo dia também tem shows. E como eu atraio esse tipo de coisa, um dia teve um show do Michael Jackson. Sim, eu atraio. As pessoas devem saber que eu e meu marido curtimos - muito - o MJ e toda viagem que fazemos tem algo do Michael Jackson. Nos dois cruzeiros e em Punta Cana, nossa lua de mel, tiveram shows covers. E logicamente nós fomos!



É tudo extremamente bom no navio, você se sente em outro mundo. Você desconecta - literalmente - de tudo, já que o seu celular não funciona lá muito bem (e ignorem qualquer propaganda de operadora que tente te convencer que você vai viver sem fronteiras) e internet né, é luxo. Alguns navios têm wifi, mas costuma ser pago. E em um lugar daqueles você vai querer internet PARA QUÊ, né meu bem?

Além dos restaurantes e bistrôs dentro do navio, também rola um mini shopping e uma loja duty free. É o lugar para você comprar presentinho para as pessoas (como esse cruzeiro fizemos perto do Natal, veio de lá o presente de muita gente hahahaahaha) e até umas coisas para você. Lembro que por US$ 15 comprei dois relógios LINDOS. Os dois já estão sem bateria e encostados no armário, mas né, são lindos e é o que importa. Tem também o cassino. No Grand Mistral o cassino era pequenininho, mas dava pra brincar um pouco!

Vale a nota: são poucos os navios que fazem esquema all inclusive em bebidas fora das refeições, até por medida de segurança (pensa em muita gente sem limites no meio do mar, não é bom). No Grand Mistral pudemos pagar um pacote de bebidas assim que entramos, que nos deu direito a algumas bebidas alcoolicas, sucos, chás e água com um desconto. Ah, vale lembrar também que tudo no navio é em dólar. E no fim da hospedagem você deve pagar a conta do excedente...

Vantagens do Grand Mistral: navio pequeno - o que faz com que tenha menos gente, festas que começam cedo, comida maravilhosa, equipe de animação boa, sem falta de bebida.

Desvantagem: navio pequeno - no segundo dia você já conheceu ele todo hahahaahah

 (como estávamos na cabine cara, fomos recepcionados por uma espumante e algumas coisas para comer, e todo dia quando voltávamos para o quarto tinha alguma surpresinha...)

(por estarmos em uma cabine mais legal, o nosso restaurante era mais chiquetê, tinhamos uma mesa só nossa e um cardápio mais granfino hahahaha)




(essa foto é em Angra dos Reis, mandei para minha irmã dizendo que era a ilha do Edward, do Crepúsculo haaaaaaa)



MSC Fantasia - MSC

Ano passado fomos no MSC Fantasia, da MSC. Era o maior navio da temporada no Brasil e fazia o itinerário nordeste: ia pelo litoral até Salvador passando por Búzios, Ilhéus e sinceramente não lembro mais aonde passou. Essa é a desvantagem de nunca descer nas paradas...

Como já estávamos em um navio grande, mais caro, preferimos pegar uma cabine com um preço mais ok. Os navios da MSC tem um diferencial, o yatch clube. Nele você fica numa área VIP do navio, com mordomo - sim, mordomo -, piscina exclusiva para aqueles hospedes, bar exclusivo, bebida a vontade lá dentro, restaurante exclusivo, enfim, muitas vantagens. Mas faltou $$ e ficamos em uma cabine com varanda, o que já estava bem bom. Ah, lembre-se de sempre tentar pegar uma cabine com varanda. Imagino que uma só com janelinha, ou sem janela, vá te deixar meio claustrofóbico...


Por ser um navio maior, o MSC tem mais restaurantes, bares e mais lazer. Os restaurantes principais, como em outros navios, estavam incluidos na sua diária. Os especiais, como o japonês, mexicano, etc, você pagava o que consumia. Eles ficam mais vazios justamente por isso, e às vezes te dá vontade de ir só para os garçons ficarem felizes. Nós não fomos, mas meus pais - que fizeram o mesmo cruzeiro uma semana depois - foram e gostaram. A gente ficou no restaurante padrão.

Ah, nos cruzeiros você costuma escolher o "turno" que você quer jantar... são dois turnos, um mais cedo e outro mais tarde. A gente tinha escolhido o mais tarde, a partir das 22h, mas são tantos pratos que servem, tanta coisa, que a gente terminava de jantar quase 1 da manhã e viu que aquilo não estava rolando. Então mudamos para o primeiro turno. Você tem sua mesa pré-selecionada - normalmente divide com outras pessoas - e os garçons te servem aquilo que você escolheu do prato do dia. É bom se você pega pessoas legais na sua mesa, como a gente conseguiu quando mudamos para o primeiro turno. Se não, é um bando de estranhos sentados na mesma mesa, compartilhando o momento da janta e sem falar uma palavra. É, isso aconteceu quando nosso jantar era no segundo turno...


A grande vantagem do MSC Fantasia em relação ao Gran Mistral é o tamanho. Com o tamanho, são mais piscinas, mais restaurantes, mais tudo. Se uma piscina está lotada, você pode tentar fugir para outra. Assim como no Gran Mistral rolavam atividades e sim, teve o treinamento de emergência. Acho que no próximo cruzeiro já vou estar apta para ensinar a galera como se portar com o colete salva vidas.

O Fantasia também tinha um shopping bem maior. É bom para passear, mas não achei os preços tão bons para comprar... mesmo assim pedi um óculos de sol para os meus pais, que foram na semana seguinte, já que eu tava sem coragem de comprar e descobri que em São Paulo ele estava 5x o preço de dentro do navio...


(fomos na época do Natal de novo, então o navio foi decorado :) )

(espreguiçadeiras no último deck do navio, perfeito para ver o pôr-do-sol)


(percebam que eu AMO tirar fotos da natureza hahaahah)


Em todos o navios acontece a Noite do Capitão. É uma noite que você pede para Deus que alguém esteja guiando o navio, já que o capitão sai da cabine para tirar fotos com todos os hóspedes. Nesse dia também é servido champagne, o jantar é de gala e pedem para você se vestir mais bonitinho... tem gente que exagera, vai de longo, fraque... tem gente que vai tipo eu, como se estivesse indo para balada haahahahaha

Confesso que no MSC Fantasia a gente pegou umas 3 taças de champagne, mas não tiramos uma foto com o capitão...




(uma das piscinas)


(área do shopping)


No MSC também rola o dia inteiro um buffet com besteirinhas para comer. Cada dia tem tipos diferentes de lanche, batata... pensa numa pessoa com estômago de criança como ficou feliz!


Vantagens: navio maior, mais diversidade, comidinhas para petiscar. Uma grande vantagem também é o roteiro para o nordeste, já que você pega mais sol. Pegamos só um dia meio nublado com uma chuvinha, bem no final, na última parada. No Grand Mistral, como era para o sul, teve mais chuva...

Uma boa vantagem pras mamães é que a MSC tem espaços para as crianças - crianças pequenas e adolescentes - e atividades especificas para eles o dia inteiro. Eles também vão se divertir!

Desvantagens: mais gente. No dia da navegação o navio ficou tão lotado que você quase se jogava no mar para ver se tinha um espaço para tomar sol. Falha nossa que fomos muito tarde buscar nosso lugar ao sol... Outra desvantagem é que eles não calcularam muito bem o número de hospedes + calor, então em um dos dias ACABOU A ÁGUA. Sim, água mineral de garrafa, não tinha. Eu comprei as duas últimas e fui direto guardar no cofre - sério - porque tava vendo começar uma guerra por água hahahaahaha Mas até o fim do dia já tinham reabastecido...


Confesso que já compramos outra passagem para cruzeiro e estou doida para chegar fevereiro e eu poder tomar meu solzinho. É uma experiência deliciosa, que merece ser repetida sempre. Ah, vou com a MSC de novo. Estou confiando que dessa vez vão calcular direitinho a água...


E você? Já fez um cruzeiro?

ps: todas as fotos são minhas. acham que levo jeito para fotógrafa de sol? hahahaahah


Postado Por:Aninha As: quinta-feira, dezembro 05, 2013 Sem Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

  • RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Curte a gente no FB!

Seguidores

Tecnologia do Blogger.
Ocorreu um erro neste gadget

Fale com a gente!

Nome

E-mail *

Mensagem *

    Chá das Nove é um site de entretenimento e informações. A reprodução do conteúdo do site é permitida, com os devidos créditos. Se tiver alguma dúvida entre em contato com blogchadasnove@gmail.com.

    Todas as imagens que aparecem no site são reproduções de outros sites e o Chá das Nove não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que especificado. Se você (ou sua empresa) possui os direitos de alguma imagem e não quer que ela apareça no Chá das Nove entre em contato e ela será removida.