quarta-feira, 4 de setembro de 2013



Bom, o post dessa vez será de um assunto polêmico. Divide opiniões e gera olhares curiosos, de compreensão, mas também de reprovação. O uso da coleira infantil.

Muitos acham que é de extrema utilidade e preferem receber insultos de estranhos, porém garantir que não será a próxima mãe se esgoelando no shopping pelo sumiço da criança. Já outros acham que esse é um comodismo de pais preguiçosos que não sabem impor limites no filho e por isso prefere que a criança passe por esse "constrangimento" em público.
Eu antes de ser mãe nunca tive opinião formada sobre o assunto, embora causasse uma certa estranheza ao ver um pimpolhinho preso por um extensor. Mas era algo que passava, chamava a minha atenção, mas não me fazia julgar e achar certo ou errado, apenas diferente.

Enfim, me tornei mãe. Com 1 ano minha filha começou a andar e logo as idas aos shoppings que ate então eram tranquilas no carrinho começaram a se tornar um martírio. Eu não costumo muito ir pra esses lugares meramente pra passear, então com o objetivo traçado tudo se torna mais difícil com um serzinho de gênio forte querendo explorar o mundo a volta.

Ambiente vazio, durante a semana até da para ficar mais tranquila, mas em pleno fim de semana é de arrancar os cabelos. Numa dessas minhas idas entrei na PB Kids do Shopping Eldorado e me deparei com a coleira infantil. Confesso que levei no impulso, mas assim que cheguei em casa me questionei se teria coragem de usar. Não sabia se estava preparada para chuva de olhares indignados, porque por mais que eu bata no peito e diga que não ligo, não vou negar que incomoda e da vontade de dar louca e sair gritando: ta olhando o que???



Voltando, comprei e deixei guardado, apenas deixei a vista o cachorrinho mochila ela usava pra brincar como outra pelúcia qualquer. Em pouco tempo se tornou um dos brinquedos favoritos, principalmente pelo fato que ela podia prender o auau nas costas e leva-lo para os lugares.

Esse sábado precisamos ir ao shopping e não tinha como deixa-la com os avos (sempre recorro a esse método quando preciso ir a lugares cheios com ela). Respirei fundo e tomei coragem de levar a guia. Escondido na bolsa. E la foi ela usando so o cachorrinho como mochila. Chegando la percebi que a tarefa não ia ser fácil, ela não aceita dar a mão e começou com a mania de correr na direção contraria e achar o máximo ver a gente correndo atras dela, chega até a gargalhar. O problema é que com a quantidade de gente circulando o ato de correr desviando das pessoas, sacolas e quiosques não é simples. Ouvi cometários do tipo: Nossa que legal, bem que podia ter um desse na minha epoca..outros apenas cutucavam o parceiro ao lado e cochichavam sem deixar o semblante denunciar se era de aprovação ou não..e alguns mencionavam que usavam também ou conheciam alguem que era adepto. Apenas um senhor fez um cometário negativo, virou para esposa e disse que achava um absurdo fazer isso com a criança, mas virei #teamsenhorinha, ela respondeu que absurdo era mãe chorando porque perdeu o filho, que não via nada demais, era apenas uma mochila com um extensor.

Mina posição: achei estranho! MUITO estranho. Porém pratico. E em nenhum momento a fiz trocar de caminho puxando pela guia, se queria que ela fosse para o outro lado, pegava na mão e direcionava para onde iriamos. No meu modo de ver (e que fique claro que isso não é uma verdade absoluta) deve ser usado com moderação. Apenas em locais com muita circulação, apenas enquanto a criança é pequena o suficiente para não compreender com uma conversa que não deve sair de perto dos pais. Para finalizar saiba que quando optar por usar tem que estar disposta a aguentar olhares e comentários. Impossivel não virar o centro das atenções.

No final de semana vamos viajar e vou levar a mochilinha. Na ida será de madrugada e acredito que o aeroporto não estará cheio e muito provável que ela irá dormir, mas na volta será a tarde. Caso eu me sinto insegura não hesitarei em usar novamente
Postado Por:Neizi As: quarta-feira, setembro 04, 2013 Sem Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

  • RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

Curte a gente no FB!

Seguidores

Tecnologia do Blogger.
Ocorreu um erro neste gadget

Fale com a gente!

Nome

E-mail *

Mensagem *

    Chá das Nove é um site de entretenimento e informações. A reprodução do conteúdo do site é permitida, com os devidos créditos. Se tiver alguma dúvida entre em contato com blogchadasnove@gmail.com.

    Todas as imagens que aparecem no site são reproduções de outros sites e o Chá das Nove não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que especificado. Se você (ou sua empresa) possui os direitos de alguma imagem e não quer que ela apareça no Chá das Nove entre em contato e ela será removida.